Pompoarismo Feminino: Exercícios que transformam a vida sexual

Pompoarismo Feminino: Exercícios que transformam a vida sexual

O pompoarismo feminino tem conquistado muitas mulheres por todo o mundo, aqui no Brasil elas tem descoberto todos os benefícios que o pompoarismo faz para a saúde, mas sempre recebo perguntas sobre o assunto, por isso, nesse post vou esclarecer as principais dúvidas sobre o pompoarismo para que você transforme a sua vida sexual e alcance auto estima elevada com a prática diária dos exercícios.

Muitas mulheres desejam saber como praticar o Pompoarismo Feminino, mas tem receio de começar em casa sozinhas e, se você quer saber também a como ser uma “Deusa na Cama”, fique ligada nesse artigo. Nele eu ensinarei os exercícios que você pode começar a praticar em casa hoje mesmo.

De onde vem o Pompoarismo Feminino?

Acessórios de Bolinhas para Ginastica Intima

Ele tem em origem na índia, uma cultura que passava de mãe para filha, onde era aprendido pelas meninas a partir de 8 anos de idade.

A Ginástica Íntima teve sua origem na Índia, sendo aperfeiçoada no Japão e na Tailândia e, porém em 1950 um ginecologista chamado Arnold Kegel iniciou o uso dos movimentos em suas pacientes que tinham dificuldades de atingir o orgasmo.

Além de proporcionar benefícios como melhorar o tônus vaginal e preparar o corpo para o parto natural, além é claro de tratar  vários problemas de saúde íntima, inclusive a incontinência urinária.

O que é Pompoarismo Feminino?

O Pompoarismo é uma ginástica íntima de extrema importância para fortalecimento e desenvolvimento de toda a musculatura do assoalho pélvico, não apenas da vagina. Através dos exercícios e da consciência de estimulação correta dos músculos é possível a melhora da vida sexual e da saúde uroginecológica de toda mulher.

O pompoarismo consiste de exercícios de contração voluntária do períneo e da vagina. É uma técnica milenar indiana, cujo objetivo é aumentar o prazer sexual do casal, permitindo que a mulher massageie o pênis do parceiro com a vagina.

Tais exercícios contribuem para o fortalecimento do assoalho pélvico (grupo de músculos e ligamentos que se estendem, desde o osso púbico até o cóccix, responsáveis pelas funções sexuais, pela sustentação do reto, bexiga e órgãos reprodutivos e também pelas continências urinária e fecal).

O Autoconhecimento adquirido com o Pompoarismo Feminino

Para que os movimentos do pompoarismo possam ser realizados, a mulher precisa, em primeiro lugar, ter boa consciência corporal da sua vagina.

Para isso, é preciso que a conheça, se olhe no espelho, perceba por meio do toque como acontece a contração e o relaxamento da musculatura vaginal e as diferentes sensações que isso proporciona.

Os próprios acessórios do pompoarismo, como os pesos e cones vaginais, são ótimos para aumentar a consciência corporal dessa região.

Benefícios do Pompoarismo

Quando a mulher exercita os músculos vaginais, ela adquire muitos benefícios para a saúde íntima e sexual. Os Movimentos do Pompoarismo além de dar prazer, deixa a mulher mais segura, autoconfiante e segura.

Para a mulher que pratica o pompoarismo, os benefícios são inúmeros, e cada um vale por mudanças extraordinárias na vida da mulher. Eu me refiro a “extraordinárias” porque com a prática diária você vai perceber que sua percepção quanto ao sexo vai mudar muito, a qualidade de vida também e o reflexo disso no relacionamento é inevitável.

Então vamos saber quais os principais benefícios? Veja abaixo:

Maior Prazer Sexual

No meu consultório eu recebo pelo menos 90% de queixa de mulheres que não tem prazer na hora do sexo, muitas delas (para não dizer todas), nem sabem porque isso acontece, e se sentem culpadas por ser “fria” na cama. Mas….o Pompoarismo transforma essa situação, isso porque com a rotina de exercícios, a região íntima começa a ser irrigada com sangue, aumentando assim o prazer sexual das mulheres.

Mais Desejo Sexual

Seguindo a premissa do item anterior, como a mulher consegue sentir mais prazer sexual, ela aumenta o desejo por sexo (isso os homens me agradecem….rs), o sexo se torna algo tão bom, diferente e ainda sai da rotina, por isso a mulher acaba pensando em sexo o dia todo, ou seja, o desejo fica aflorado, o que é excelente para o relacionamento.

Melhor Lubrificação

A lubrificação é a chave para o conforto na hora da penetração, por isso quero lhe dizer que o Pompoarismo melhora a lubrificação vaginal. Para as mulheres que já enfrentam a menopausa, é uma excelente opção como um método alternativo para tratar a lubrificação íntima.

Controla a Ejaculação Precoce do Parceiro

Muitos homens sofrem com a Ejaculação Precoce e não buscam ajuda por medo ou timidez, e isso é algo preocupante, uma vez que há casamentos que chegam ao fim porque o parceiro tem esse problema e não busca ajuda, e muitas mulheres não conseguem permanecer em um relacionamento onde o homem ejacula muito rápido, por isso quero lhe dizer que com o movimento do pompoarismo chamado “Estrangular”, a mulher consegue retardar a ejaculação, permanecendo assim por mais tempo no ato sexual. Isso é uma ótima notícia para você?

Auto Estima Elevada

Posso garantir que a mulher que pratica o pompoarismo tem a autoestima elevada e sua vida transformada, e eu falo isso com tanta convicção porque eu experimentei isso em minha vida pessoal.

Essa autoestima elevada é adquirida pelo fato de a mulher se sentir mais gostosa na hora do sexo. O parceiro começa a elogiar essa mulher com frases do tipo: “Como você mudou”, ou “Como o sexo está mais gostoso, parabéns”. A autoestima é o combustível para te deixar uma mulher mais bela.

  • Combate a flacidez
  • Ter múltiplos orgasmos
  • Elimina as dores e ardência durante a relação sexual
  • Fortalece o assoalho pélvico
  • Soluciona o problema de incontinência urinária
  • Diminui os dias de menstruação
  • Ameniza as cólicas.

Movimentos do Pompoarismo Feminino

1 – Chupitar:

Um verdadeiro movimento que simula chupando a chupeta, é exatamente o movimento que os bebês fazem. A musculatura é contraída para que o pênis do parceiro fique dentro da vagina.

2 – Estrangular:

Esse movimento causa uma pressão da glande à base do pênis do parceiro, impedindo assim uma ejaculação precoce.

3 – Massagear:

Usando os 3 anéis vaginais que eu ensino no curso, a massagem feita no pênis é extremamente excitante. Cada movimento, usando cada um dos anéis, um por vez dá uma sensação de prazer maravilhosa para o parceiro.

4 – Sugar:

Aqui a mulher aprende um movimento onde ela suga literalmente a “cabeça” do pênis. A mulher pode brincar com o parceiro, além de dar prazer, é claro!

5 – Expulsar:

Contrário da ideia anterior, com esse movimento o homem tenta uma penetração, mas não consegue, apenas a glande consegue entrar na vagina da mulher.

6 – Travar e revirginar:

Com a prática diária, a mulher consegue travar a entrada da vagina, impedindo assim a penetração, ou mesmo estando já o pênis na vagina, a mulher literalmente “trava” os músculos e assim consegue impedir a retirada do pênis e simular a virgindade, o que é extremamente excitante.

Quais os Acessórios Para o Pompoarismo Feminino?

1 – Ben-wa:

As Bolinhas Ben-Wa são indicadas para os exercícios em nível mais avançado na Ginástica Íntima, elas são bolinhas com um pesinho dentro com um cordão de silicone que une bolinha a outra.

A Ben-Wa está disponível no mercado em alguns modelos como com 2, 3 e 4 bolinhas. A mulher pode ficar à Vontade para escolher a que mais lhe agrada.

2 – Cones Vaginais ou Pesinhos:

Os cones vaginais são pesinhos que variam o peso, do mais leve ao mais pesado, eles podem ser adquiridos separadamente, mas também pode ser comprado apenas uma unidade, eu indico para as minhas alunas o Kit Completo de Cones, isso porque ele já vem com os 5 pesos e a mulher usa todos a cada etapa do curso, ou seja, você não perde por comprar todos de uma só vez.

Os pesinhos são usados nos movimentos de massagear e estrangular o pênis do parceiro.

3 – Vibrador Personal:

Esse acessório é um dos mais gostosos de usar, isso porque ele além de fortalecer toda a musculatura da região íntima, proporciona muito prazer, pois a vibração ativa toda a corrente sanguínea da vagina, deixando a mulher com mais tesão.

Com o vibrador personal, a mulher simula os mesmos movimentos que vai fazer no pênis, a percepção dos movimentos é bem maior com esse acessório, Ele é indispensável para a prática diária do pompoarismo. Mas atenção, na hora de adquirir, escolha o acessório com 11 centímetros, não compre um muito grande e nem muito pequeno.

Cuidados com os acessórios

Para que o uso com os acessórios seja perfeito, é fundamental alguns cuidados, como por exemplo o uso de um lubrificante sempre na hora de utilizar cada um deles. Sempre que for utilizá-los, passe o lubrificante tanto no acessório quanto na entrada da vagina.

Também é fundamental fazer a perfeita higienização, basta lavar com sabão neutro ou até mesmo com sabonete íntimo, não é necessário ferver, ou usar material de limpeza, pois isso além de danificar os acessórios também pode causar problemas e saúde.

Quem pode Praticar o Pompoarismo Feminino?

Mulheres grávidas:

Para as grávidas o mais indicado é praticar o pompoarismo feminino somente após do 2 mês de gestação, além de ser feito sem o uso dos acessórios.

Pompoarismo Feminino

Em gestantes, o pompoarismo ajudará a ter um parto normal e uma gestação mais tranquila, diminuirá dores lombares e fará a normalização hormonal que ajudará no relaxamento e na diminuição do estresse.

Antes de iniciar os movimentos do pompoarismo, é preciso passar pelo ginecologista e, somente após a liberação é que deve dar seguimento aos exercícios.

Mulheres com dificuldades em atingir o orgasmo:

Muitas mulheres enfrentam a dificuldade da Anorgasmia (dificuldade em obtenção do orgasmo), algumas inclusive nunca tiveram a sensação de “chegar lá”. Com a prática do pompoarismo há uma melhora significativa na sensibilidade genital da mulher, o que proporciona alcance de orgasmos.

Mulheres na menopausa:

Com a menopausa, vem alguns sintomas indesejáveis que as mulheres precisam enfrentar, entre eles está o ressecamento vaginal, a falta de lubrificação causa incômodo e até mesmo dor na hora do sexo, aumentando o risco de infecções, pois a capacidade de autolimpeza do canal vaginal fica comprometida.

Os movimentos do pompoarismo melhoram a irrigação sanguínea, e como resultado os hormônios naturais da mulher como a progesterona aumentam, ajudando a regular o funcionamento do corpo feminino.

Em caso de mulheres virgens, ele auxilia na regulação hormonal, que tem como resultado a diminuição das cólicas e do período menstrual, caso de muitas meninas na fase da adolescência, porém, não é recomendado o uso dos acessórios.

Qual músculo é trabalhado com o Pompoarismo Feminino?

Para saber como é feito todos os exercícios de pompoarismo, é preciso identificar os músculos a serem trabalhados. O principal músculo é o pubococcígeo, conhecido também como Músculo PC.

São músculos localizados na região pélvica, responsáveis pela sustentação da parte superior do nosso corpo, bem como dos nossos órgãos internos (intestino, bexiga, útero e todo o aparelho reprodutor).

Leia também sobre o Pompoarismo Masculino

Esses músculos se estendem, como se fossem uma rede entrelaçada, desde o osso púbico (região dos pelos pubianos) até o cóccix (pequeno osso localizado na parte inferior da coluna vertebral).

Também controlam o fluxo de urina, além da abertura e fechamento do ânus e da vagina. Durante a gravidez, eles são ainda mais solicitados, pois precisam sustentar o bebê.

Os anéis vaginais

Para dar início as aulas e exercícios do curso, você precisa saber identificar os seus anéis vaginais, pois são eles que serão trabalhados durante a prática do pompoarismo feminino.

Então, entender como os anéis funcionam e onde estão localizados é essencial para que a prática dê certo e você consiga ter o domínio da sua vagina e a sensação de que o pênis será massageado.

Como o sexo não é algo estático, aprender a identificar e movimentar os anéis vaginais é muito importante, principalmente, aprender a movimentá-los junto com o movimento do quadril. Assim, aumentando o prazer durante o ato sexual.

Abaixo, há uma figura que representa a parte interna da vagina. Nela, você conseguirá identificar os três anéis vaginais.

Através da imagem, é possível perceber que o primeiro anel fica bem próxima a entrada da vagina e o períneo. Quando você aprende a movimentá-lo, você vai conseguir abrir e fechá-los.

O segundo anel vaginal está localizado na metade do canal vaginal e próximo ao clitóris. E no momento em que você mexe esse anel, o clitóris também é movimentado, mas de uma maneira bem sutil.

Já o terceiro e último anel vaginal fica bem próximo do colo do útero.

Perguntas e curiosidades sobre o Pompoarismo Feminino

Eu separei as dúvidas mais comuns sobre a ginástica íntima feminina, todas essas perguntas são respondidas em minhas redes sociais diariamente.

Por isso, aproveite esse espaço para entender tudo sobre a ginástica do prazer.

É verdade que aumenta o prazer sexual?

Sim, as técnicas do pompoarismo podem ser usadas durante a prática sexual, funcionam como brincadeirinhas para o momento. Isto pode renovar na relação e diferenciar as sensações de prazer, tanto para o homem quanto para a mulher.

Além dessas brincadeiras na cama, a nutrição na região genital que o pompoarismo proporciona aumentará a sensibilidade da mulher, o que permite que ela passe a sentir mais prazer, mesmo que não esteja praticando o pompoarismo no momento do sexo.

Só serve para dar mais prazer ao parceiro?

De maneira alguma. O pompoarismo ajuda as mulheres a terem maior controle dos movimentos da vagina e isso, além de aumentar a libido, também vai ajudar na hora de alcançar o tão desejado orgasmo – inclusive múltiplos!

Mulheres de qual idade podem praticar o pompoarismo?

A ginástica íntima pode ser praticada por mulheres de todas as idades. As vantagens do pompoarismo ajudam muito a melhorar a qualidade de vida de todas as mulheres, independentemente da fase da vida.

Médicos indicam o pompoarismo?

Sim! Muitos recomendam a prática para preparar o canal para partos mais fáceis, auxiliar na recuperação pós parto, enfraquecimento muscular e vaginismo (incapacidade de relaxar que causa dores na hora da penetração). Durante a menopausa, também e indicado para combater o ressecamento vaginal.

Qual o tempo para aprender os movimentos?

No primeiro dia de treino por mais que seja algo novo, as mulheres já conseguem ter uma melhor percepção quanto a sua musculatura, inclusive sendo capaz de movimentar áreas diferentes da sua vagina, ou subir e descer os instrumentos do pompoarismo.

Além disso, logo na primeira semana a lubrificação melhora muito, tanto para as mulheres que não tinham, quanto para as que lubrificavam demais, essa normalização acontece, pois os os constantes movimentos e treinamentos dessa região começam a colocar as glândulas responsáveis pela secreção para trabalhar, normalizando sua condução neural e ensinando-as a trabalharem novamente.

Essas mesmas mulheres também já percebem, de imediato, um aumento na libido e passam a procurar mais o parceiro, ou, no caso de não terem um par, sentem melhora em seus impulsos por autocuidado e amor-próprio.

Na primeira quinzena do tratamento a vagina começa com um atrito maior, o prazer aumenta para o parceiro, já que a vagina começa a ficar mais “apertada”.

Em algum momento, que varia de mulher para mulher, passam a ter orgasmo.

Muitas mulheres que não conseguiam alcançar o orgasmo, acabam atingindo o clímax. E, as que já conseguiam, relatam uma melhora muito significativa.

Eu já dei esse curso para inúmeras alunas e pacientes, e em todos os relatos, em apenas duas semanas já é possível sentir diferença tanto na relação sexual quanto na saúde intima. Eu, como terapeuta sexual indico para as pacientes em tratamentos como Vaginismo, Anorgasmia e Falta de Libido, entre vários outros tratamentos.

As grávidas podem praticar?

Um dos objetivos do treino é justamente treinar o canal vaginal para um bom parto. É pela saúde da mulher que o Ocidente vem a tempos passando a sabedoria na família. Mas, é bom começar o treinamento antes de engravidar.

Caso esteja grávida e queira começar seus treinos, primeiro você deve perguntar a seu médico se você está apta a trabalhar as contrações em seu canal. É ele quem estará acompanhando sua gestação, então apenas ele pode liberá-la.

O fortalecimento dos músculos da região pélvica ajuda as mamães. A técnica é contraindicada apenas para os três primeiros meses de gravidez, mas depois depois de liberação médica, pode ser realizada nos meses seguintes e facilita o processo do parto natural.

A mulher que faz pompoarismo também tem uma melhor recuperação pós parto, a musculatura local não fica flácida.Quais as Vantagens de se Praticar o Pompoarismo?

Posso exercitar os músculos sem acessórios?

Pode sim. No meu curso de pompoarismo eu sempre inicio os movimentos sem o uso de acessórios para que a mulher consiga ter uma percepção maior dos músculos vaginais, primeiro é trabalhado o autoconhecimento.

Após esse trabalho, dou início aos exercícios com acessórios, que são indicados para os treinos mais avançados.

A Ginástica íntima melhora o intestino?

No pompoarismo, os músculos dos glúteos e abdominais também são fortalecidos. O fortalecimento da região abdominal ajuda na realização dos movimentos peristálticos, os movimentos involuntários realizados pelo intestino durante o processo da digestão.

Existe Perigo Com a Prática do Pompoarismo?

Poderia dizer que não, pois o pompoarismo é maravilhoso e todas as mulheres deveriam praticar. No entanto, se a mulher for mal instruída ou tentar realizar o pompoarismo sem nenhuma orientação profissional, ela pode agravar alguma disfunção ou aumentar ainda mais alguma tensão muscular, o que pode piorar o problema ou até causar retenção urinária, infecção de urina ou candidíase.

Por isso, seja online ou presencial, o método que ensino para minhas pacientes têm um teste pra evitar que elas realizem algo que pode ser contraindicado. Mas, se você receber orientação de um profissional capacitado, não existe risco algum.

É possível tratar o vaginismo?

O vaginismo é uma condição que faz com que a mulher tenha contrações involuntárias durante a penetração, o que torna o sexo dolorido e, às vezes, impossível. Com as técnicas de pompoarismo, ela consegue controlar esses espasmos e conseguir ter a relação sexual sem sentir dor.

Qual a Frequência dos Exercícios?

Como qualquer outro exercício, é necessário manter uma frequência e continuidade. De 10 a 20 minutos por dia, pelo menos 3 vezes na semana, você perceberá resultados rapidamente.

Se tratando do tempo para aprender e evoluir, não há regras. Cada corpo responde de um jeito, e enquanto algumas pessoas já sentem os efeitos positivos em apenas uma semana de treino, outras podem levar 2 ou 3 meses para ganhar controle da região. Independente do tempo, toda mulher consegue aprender.

Como é feita a respiração na hora dos movimentos?

A respiração é muito importante para a assimilação dos exercícios, sempre antes de fazer força você deve inspirar pelo nariz e quando relaxar (descontrair) você deve expirar pela boca…

Exercícios do pompoarismo Feminino!

Exercício 1: 

Faça dez leves contrações da musculatura, como se fosse prender a urina. Em seguida, descanse por 15 segundos e repita por mais duas vezes. A respiração deve ser mantida normalmente enquanto pratica esse exercício, o que pode precisar de um tempo para acostumar.

Exercício 2:

Deite-se na cama e separe as pernas. Coloque o dedo médio apoiado no períneo (músculo entre a vagina e o ânus) e a abertura da vagina. Faça uma contração um pouco mais intensa do que o primeiro exercício, enquanto fecha a entrada da vagina com movimentos de sucção.

Após repetir o movimento 10 vezes, descanse por 15 segundos e faça novamente os movimentos, mas contraindo o mais forte que conseguir. Lembre-se de não contrair o restante do corpo e manter a respiração normal.

O post Pompoarismo Feminino: Exercícios que transformam a vida sexual apareceu primeiro em Débora Martins.

Esse Artigo Apareceu Primeiro em Pompoarismo Feminino: Exercícios que transformam a vida sexual

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s